Com o tema “Ide e Anunciai o Evangelho” (Mc 16,15), o arcebispo metropolitano de Palmas, dom Pedro Brito, iniciou solenemente o Ano Jubilar Missionário, previsto no Plano de Evangelização da Arquidiocese, nessa sexta-feira, 15, no Colégio São Francisco de Assis.

O objetivo do ano jubilar é despertar as comunidades da Arquidiocese de Palmas para o anúncio de Jesus Cristo, por meio do serviço, do testemunho e do diálogo, em estado permanente de missão, como expressão visível de uma Igreja convertida e em saída.

O Ano Missionário é o primeiro de um Triênio Jubilar, em preparação para o Jubileu de Prata (25 anos) da Arquidiocese. “As missões que serão realizadas neste ano serão para iluminar a vida das pessoas. Brevemente, é este o espírito do nosso projeto, da nossa missão”, disse dom Pedro. Ele apresentou a missão usando como modelo os pastores que se deixaram guiar pela estrela, sinal de Deus, e foram ao encontro do Menino Jesus no estábulo. Partindo disso, “iluminação, contemplação e louvação são partes integrantes da nossa missão. Da missão desses pastores nasce o que convencionamos chamar de pastoral missionária”, explicou.

Como programa do ano jubilar, serão realizadas as Semanas Missionárias Paroquiais nas paróquias das regiões episcopais São João, São Paulo e São Pedro. E, com o objetivo de preparar os membros de pastorais para essa missão, começou nessa sexta o  Curso de Formação Missionária para Missionarios Paroquiais, ministrado por dom Esmeraldo Barreto, presidente da Comissão Missionária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O curso segue até domingo.

O Grupo de Oração Hesed, o Encontro de Casais com Cristo (ECC), e as pastorais Familiar, Social, da Comunicação, da Catequese, do Dízimo e do Apostolado da Oração, grupos e movimentos paroquiais, foram representados e participam do encontro.

Por Camila Soares/Pascom

O Curso de Formação Missionária é aplicado por dom Esmeraldo Barreto, presidente da Comissão Missionária da CNBB. Foto: Camila Soares

 

Pároco, padre Reginaldo Albuquerque, acompanhado por membros de pastorais e movimentos paroquiais. Foto: Camila Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *