Convite à conversão

1ª Leitura – Ex 3,1-8a.13-15
Salmo – Sl 102,1-2.3-4.6-7.8-11 (R.8a)
2ª Leitura – 1Cor 10,1-6.10.12
Evangelho – Lc 13,1-9

Vemos na Liturgia desse domingo um convite mais profundo para a conversão. Não simplesmente uma mudança de mentalidade, mas também uma mudança na forma como nos comportamos. Quando nos acontece algo ruim, nos perguntamos: “Meu Deus, o que foi que nos aconteceu?”. Somos levados a pensar sempre que é um castigo de Deus. No tempo de Jesus, sempre faziam essa associação de que algo ruim que acontecia estava relacionado ao pecado.

Então, Jesus, pergunta: “Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem sofrido tal coisa?” (Lc 13,2). O mau, que muitas vezes sofremos, não está, necessariamente, associado ao pecado da nossa vida. O salário do pecado é a morte, mas não quer dizer que quando sofremos seja sinal da morte. Não podemos olhar pela ótica do castigo de Deus, apesar dos nossos males.

Jesus tenta romper com isso e fazer com que os discípulos vejam de outra forma. Pede para que olhem para o que de ruim acontece a eles como uma oportunidade de conversão; como uma chance que nos é dada para mudarmos a nossa vida e nossa atitude. Precisamos olhar os eventos da nossa vida com um olhar diferente. Uma necessidade que passamos é também momento para pensarmos em tantas outras pessoas que sofrem e são fragilizadas neste mundo.

Depois desse episódio, Jesus conta uma parábola de uma figueira que não dá fruto. Nós vemos que Ele é paciente e espera o nosso processo de conversão. Deus não quer a nossa morte, não quer que pereçamos. Mas quer que passemos pelo processo de libertação, como nos fala a Primeira Leitura, em que Moisés é enviado para libertar o povo. Todo erro e pecado é uma transgressão da nossa humanidade. Utilizamos da nossa própria liberdade para negar a nós mesmos.

Abertos à graça de Deus, olhemos para a nossa vida, para o mundo com um olhar diferente, confiantes em Deus e em sua Divina Misericórdia. Que Nossa Senhora nos ajude e interceda por nós para que vivamos bem esse processo de conversão em nossa vida.

Homilia por Pe. Gerson Barbosa
Síntese por Camila Soares/Pascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *