Segundo dia da Novena do Divino Espírito Santo com o tema “O Espírito Santo” habita em nós. Rezemos juntos:

Padre: Deus, vinde em nosso auxílio.

Todos: Senhor, apressai-Vos em socorrer-nos.
Padre: Glória ao Pai, ao Filho, ao Espírito Santo,
Todos: assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.
1º Mistério
Vinde Espírito de Sabedoria, desprendei-nos das coisas da Terra e infundi-nos o amor e o gosto pelas coisas do Céu.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
2º Mistério
Vinde Espírito de Entendimento, iluminai a nossa mente com a luz da Eterna Verdade e enriquecei-a de puros e santos pensamentos.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
3º Mistério
Vinde Espírito de Bom Conselho, fazei-nos dóceis às Vossas santas aspirações e guiai-nos no caminho da salvação.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
4º Mistério
Vinde Espírito de Fortaleza, dai-nos força, constância e vitória nas batalhas contra os nossos inimigos espirituais e corporais.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
5º Mistério
Vinde Espírito de Ciência, sede o Mestre de nossas almas e ajudai-nos a praticar os Vossos santos ensinamentos.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
6º Mistério
Vinde Espírito de Piedade, vinde morar em nossos corações, tomai conta deles e santificai todos os seus afetos.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.
7º Mistério
Vinde Espírito do Santo Temor de Deus, reinai em nossa vontade e fazei que estejamos sempre dispostos a antes sofrer e morrer que Vos ofender.

– Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o Fogo do Vosso amor. Vinde e renovai a face da Terra. (repete-se sete vezes a mesma invocação e ao fim, esta outra a Maria:)
– Ó Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador, rogai por nós.

Oração inicial

Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da Terra! Oremos: Deus que instruístes os corações dos Vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de Suas consolações, por Cristo Senhor Nosso. Amém!

Oração antes da meditação

Ó Divino Espírito, que pela Igreja sois chamado Criador, não somente porque és em relação a nós, criaturas; mas também, porque movendo nas nossas almas, santos pensamentos e afetos, criais em nós aquela santidade que é obra Vossa! Venha também sobre nós a Vossa benéfica virtude, e enquanto nós Vos honrarmos com este devoto exercício, digne-se a visitar com a Tua Divina Luz a nossa mente, e com Tua Suprema Graça o nosso coração, para que as nossas orações subam agradáveis a Vós, e do Céu, desça sobre nós a abundância de Vossas divinas misericórdias. Amém!

Meditações

O Espírito Santo habita em nós.

É esta uma consoladora verdade expressa no Evangelho (Cf. Mt 10, 20), e confirmada pelo Apóstolo Paulo quando escreve aos Coríntios: “Não sabeis que o Espírito Santo habita em vós? E não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo?” É também por isso que a Igreja Católica se alegra em chamar o Divino Espírito de “Doce Hóspede da Alma”. Hóspede que reveste da graça santificante, que irriga da divina luz, que a faz capaz de obras merecedoras da vida eterna.

Segundo São Tomás, o Espírito Santo é para nossa alma o que a alma mesma é para o nosso corpo. E assim, como um corpo não pode viver sem a alma, uma alma privada do Espírito Santo é morta, morta para a graça, morta ao santo amor, e incapaz de conquistar méritos para o Céu. Ai de quem expulsa com o próprio pecado o Doce Hóspede da Alma, porque expulsa o amor, a graça e perde a própria vida.

Sim, ó Cristão, o Espírito habita em ti. E se tens fé, deves estar convicto sempre desta verdade: Nunca te encontrarás sozinho. Está contigo o Doce Hóspede da Alma. Está contigo de dia e de noite, na fadiga e no repouso, na deficiência e na prosperidade. Contigo estará (e mais o do que nunca) na oração e na tribulação. Ah, se tu soubesses te valer da presença de um amigo tão bom e poderoso!

Se nas tentações, nos perigos e nas angústias te recordasses que possuis o Espírito Santo dentro de ti! E se a Ele recorresses prontamente quando preocupasses teu pequeno coração!

Pare o teu pensamento algumas vezes durante o dia na consideração desta dulcíssima verdade: O Espírito Santo habita em mim! Se pensares assim, não terás apenas alegrias, mas também novas forças para avançar nos caminhos da virtude.

Momento para meditação pessoal

Oração

Ó Altíssimo Deus, que em tudo sempre sois Admirável e grande, mas ainda mais nas obras de amor, elegestes a alma cristã para Vosso Tabernáculo e não só lhe conferistes Vossos bens, mas doastes a Vós mesmo.

Ah! Se a Vossa bondade fosse ao menos apreciada por algumas almas, e se Vós não fosses tão contristado e ofendido por essas almas que deveriam amar-Vos tanto!

Arrependo-me ó Sumo Amor de ter tantas vezes, também eu, Vos contristado com a minha frieza, esquecimento e ingratidão. Arrependo-me também de ter vos expulsado do meu coração e dado lugar ao Vosso eterno inimigo, o pecado, e com esse, o demônio. Mas sei que uma sincera lágrima de arrependimento servirá para chamar-Vos. Sei que Sois mais amoroso que uma doce mãe. Sois sempre pronto a perdoar. Por isso, com confiança, Vos digo: Vem ó Espírito Santo; Vem a esta alma que não quer mais contristar Vos, nem ofender-Vos jamais.

Oração Final

Ó prometido e suspirado Consolador, Espírito Santo, procedente do Pai e do Filho, que escutando a unânime oração dos discípulos do Salvador, fraternalmente reunidos no Cenáculo, descestes para consolar e santificar a Igreja nascente; Sede propício às nossas súplicas, reacendei o Vosso Divino Fogo nos corações dos homens. Fazei resplandecer a Vossa luz até os confins da Terra; chamai novamente ao seio da Mãe Igreja Romana todas as Igrejas separadas.

Ó Espírito Santo, que sois o Amor, piedade de tanta mediocridade e de tantas almas que se perdem! Fazei com que rapidamente aconteça aquilo que Davi profetizava dizendo: “Mandai o Teu Espírito”. Fazei-nos novas criaturas, e assim renovareis a face da Terra.

A partir desta consoladora profecia, unidos em oração, como nos ensina a Igreja, com plena confiança repitamos: Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da Terra!

Rezar as seguintes orações:

Pai Nosso

Ave Maria

Glória ao Pai

Canto do Espiríto Santo

Nesta Novena, a Beata recomenda que seja cantando o Veni Creator (Acesse aqui o hino). Que o Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *